domingo, março 20, 2005

David Borges

[via Abre-Surdo]

A saber da saída de David Borges da RDP-África. A lamentá-lo, pois David Borges é peça incontornável desse projecto. E homem de voz crítica (voz metafórica, que literalmente tem uma belissima voz radiofónica) e sabedora. Uma raridade no meio jornalístico português que olha África - e, sem facilitismos, também uma raridade na própria RDP-África.

O Abre-Surdo aventa que David Borges terá sido afastado. Espero que não. Mas não descreio. Acima de tudo fica daqui do Maputo a nota. Se quiserem a homenagem, a um bom e avisado profissional. Que sempre deu prazer e saber ouvir, cá de tão longe.

3 Comments:

Blogger anarresti said...

É pena, realmente. Vozes que são apenas o som da voz - papagaios - essas, e competentes, encontram-se facilmente. Uma voz pensante e falante, uma Voz, é inestimável. Nesses meios, infelizmente, acontece por vezes [e pressinto seja frequente] que, quando é detectada a competência profissional, a sabedoria crítica de que falas, isso torna-se motivo de desconfiança, de incómodo. E, em última instância, de cobarde e injusto afastamento. Um abraço, daqui do Porto. nuno.

4:10 da tarde  
Blogger jpt said...

Bem, eu não sei detalhes sobre a saída de DB da RDP-A. Espero que tenha sido a sua vontade. E que continue por aí. (a ler o link que aí deixei, dando conta de alguma desilusão da parte dele - pouco interesse encontrou em portugal sobre as temáticas africanas - o seu entusiasmo não merece ironia, mas "que surpresa!".
obrigado pelo comentário

11:27 da tarde  
Anonymous TU sabes quem said...

O DB não foi afastado. Ele perdeu a motivação de há uns anos para cá e agora aproveitou uma boa proposta de Angola para aceitar uma ordem de serviço antiga que possibilita a reforma antecipada aos funcionários com mais de 55 anos.

E acredita que são poucos os que não se sentem bem aliviados e esperançados de um futuro melhor.

12:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home